Presença feminina: administração das síndicas

No dia internacional da mulher, apresentamos Valéria Vedolim, moradora que se tornou síndica a fim de mudanças e uma contínua boa gestão

Iniciando seu segundo mandato consecutivo em fevereiro, Valéria Vedolim, 45, administra o condomínio Monteiro Lobato, localizado na Zona Oeste de São Paulo.

Com cada vez mais presença feminina, a administração de síndicas contribui de forma positiva para as estatísticas, revelando cada vez mais mulheres inclusas no mercado de trabalho. Estas profissionais conquistam seu espaço diariamente, demonstrando sucesso na gestão e muito amor pela profissão.

Gestão de síndicas é sinônimo de uma boa administração. Portaria remota

Trajetória profissional

O campo de atuação dos síndicos vem se desestruturando do patriarcado, tendo cada vez mais presença femininas no comando dos edifícios.

Assim como Valéria, estas profissionais são grandes exemplos de administradoras, dando credibilidade à profissão, promovendo equilíbrio, respeito e bem-estar de uma maneira única – de um modo que somente uma mulher seria capaz de fazer.

Valéria é moradora do Monteiro Lobato, localizado na Zona Oeste de São Paulo, há 20 anos.

Ela afirma ter se interessado pelo cargo em conversa com a antiga síndica: “A antiga síndica estava de mudança e me procurou para conversarmos sobre uma possível indicação. Nós duas possuíamos um bom convívio e ela foi me dando as coordenadas do cargo”.

Valéria ainda conta ter aceitado a proposta após 2 meses, por ter se afeiçoado aos desafios da profissão e por querer valorizar ainda mais o patrimônio no qual reside, relembra.

O processo de eleição de Valéria foi bem tranquilo, obtendo a maioria total dos votos.

Em resumo, a profissional afirma ler bastante a respeito das novidades do mercado, sempre se atualizando e tendo a empatia como uma de suas maiores virtudes.

Novas tecnologias na gestão das síndicas

Vale destacar que principal mudança que Vedolim realizou em seu edifício foi a inclusão do serviço de portaria remota. Ela afirma ter optado pela automação virtual após diversas pesquisas e reuniões, analisando prós e contras.

Quando questionada sobre como conheceu os serviços ela diz: “Conheci e me reuni com variados prestadores de serviço do ramo e selecionei a Minha Portaria por tudo que a empresa atende e agrega aos condomínios. Estamos há quase 1 ano com esta tecnologia e ela vem superando expectativas, funcionando com êxito e sendo bem aceita pelos moradores”, revela a síndica.

Com o propósito de otimizar serviços, acompanhar as novas tecnologias, alavancar a segurança e diminuir custos, os serviços de portaria remota podem ser uma ótima alternativa para os condomínios, conforme você pode conferir no vídeo abaixo, publicado no canal do youtube da MinhaPortaria.Com.

O diretor de operações da empresa, Walter Uvo, explica todos os detalhes de funcionamento dessa tecnologia.

O mercado é para todas

Quando questionada em relação as dificuldades do gênero na profissão, Valéria aponta que, inegavelmente, a área sempre foi de predomínio masculino e enfatiza que as mulheres são capazes de realizar as tarefas com sucesso e personalidade, como em qualquer outro campo.

Vedolim ainda incentiva a presença feminina e todas as mulheres que possuem interesse no ramo: “É gratificante ver o mercado se desvinculando de pensamentos machistas e se abrindo para gente. Tanto para o cargo de síndica como para outras profissões, nós, mulheres, certamente temos muito a contribuir”, afirma.

Visar o bem de forma macro, ser organizado, imparcial e ter um real interesse na valorização do patrimônio são alguns dos maiores atributos de um síndico, segundo a síndica.

Acima de tudo, para Valéria, como a profissão engloba diversas famílias e pessoas, buscar o diálogo e se atualizar constantemente é a chave de tudo.

Se você é síndica iniciante e quer saber tudo sobre como fazer uma boa gestão, baixe gratuitamente o nosso Ebook MANUAL DO SÍNDICO INICIANTE, clicando no link abaixo.

A presença feminina no mercado profissional

Segundo dados do Banco Mundial, desde 1990 a porcentagem de mulheres no mercado vem aumentando, conforme demonstra o gráfico ao lado.

Para conferir mais informações a respeito das mulheres no mercado de trabalho no Brasil e no mundo, clique neste link.

Administração futura

Por certo, Vedolim almeja tornar-se síndica profissional e continuar estudando, aprimorando seus conhecimentos.

Embora todos os desafios do ofício, Valéria Vedolim se estabelece como uma mulher inquieta e ambiciosa.

A fim de conquistar outros condomínios, a profissional tem como objetivo unir suas atuais funções com sua primeira área de atuação, a contabilidade.

Mantendo uma gestão de sucesso

Cheia de sonhos e determinação, a síndica ilustra com uma beleza ímpar sua profissão. Com efeito de dar nome e representar todas as mulheres que quebram barreiras e exercem um trabalho bem feito, a profissional realiza suas funções com honestidade e dedicação.

E-book

Se você possui interesse no assunto de administração de condomínios e gostaria de se aprofundar no tema, estamos disponibilizando um livro digital. O e-book, “Os 7 Piores Erros: Gestão de Condomínios”, levanta os erros mais cometidos por síndicos de acordo com especialistas e te ajuda a evitá-los. Para fazer o download, clique aqui.

Gostou desse artigo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Deixe um comentário