Como funciona a central de portaria inteligente?

Como funciona a central de portaria inteligente?

A central de monitoramento da Minha Portaria aloca operadores qualificados e profissionais, sempre à disposição dos moradores e visitantes

Ouça esta matéria clicando no player acima

Primordialmente, com cada vez mais edifícios fazendo a implementação de portaria remota, cabe o questionamento: como funciona uma central de monitoramento de portaria inteligente? Antes de tudo, iniciamos com uma introdução ao assunto.

Instalação de Portaria Remota: Central de Monitoramento
Operadores de monitoramento da Minha Portaria

Introdução à portaria virtual

Portaria inteligente também é conhecida por diversos nomes: portaria virtual, acesso digital, acesso remoto, portaria autônoma e outros. Todos esses nomes se referem à tecnologia que vem cada vez mais fazendo parte da rotina dos moradores, funcionários e visitantes dos edifícios, trazendo mais segurança e praticidade às suas vidas.

Já elaboramos uma matéria sobre o que é portaria remota e suas principais características que você pode conferir clicando aqui.

Caso você seja um síndico e almeja alternativas inovadoras de segurança e diminuição de custos para seu caixa, a portaria remota, de fato, pode ser sua aliada nesta empreitada. Portanto, lembre-se, é muito importante realizar assembleias para a discussão e votação do assunto. Se você quiser mais informações a respeito da organização de assembleias, clique aqui e seja redirecionado.

Operador de portaria inteligente
Operador de portaria inteligente em uma central de monitoramento remoto

Compreendendo a central de monitoramento de portaria inteligente

Bom, a central de monitoramento é o espaço dedicado ao acompanhamento dos serviços e equipamentos implementados de algum sistema. Aqui na central da Minha Portaria, essas observações são constantes, sendo realizadas por 24 horas em todos os dias da semana. O diretor de operações, Walter Uvo, 40, dá mais detalhes sobre o tema: “O monitoramento começa com a instalação do circuito fechado de televisão, ou seja, as câmeras, ou, CFTV. Elas são instaladas de maneira estratégica, alocadas nos principais pontos de acesso do edifício”, revela.

O serviço de portaria remota da Minha Portaria é realizado com base em 5 pilares tecnológicos. Em resumo, eles são divididos em: CFTV, que acabamos de comentar, central de alarmes, interfonia, controle de portões e alarme perimetral. Esses itens permitem monitorar remotamente o que acontece nas instalações do condomínio em tempo real e comandar os dispositivos que forem necessários.

Fernando Leon, 31, coordenador operacional da Minha Portaria, afirma que, durante a instalação de qualquer serviço, um estudo é realizado no condomínio. Dessa maneira, busca-se reaproveitar os equipamentos dos 5 pilares que o condomínio talvez já possua e que sejam compatíveis com o sistema da empresa. Assim, as melhorias ocorrem de forma prática, com uma instalação mais rápida. Em contrapartida, segundo o coordenador, para casos de equipamentos que não são compatíveis, é apresentado uma proposta de substituição.

Central de monitoramento para portaria remota
Central de monitoramento para portaria remota da Minha Portaria

A central de portaria virtual da Minha Portaria é composta por um time experiente, sempre à sua disposição.

O coordenador operacional ainda declara que na central de monitoramento os operadores são divididos em grupos: “Aqui na central da Minha Portaria temos os atendentes, os atendentes avançados, o time de apoio, os coaches e os líderes. Em síntese, são 90 operadores prontos para dar todo o apoio e suporte necessário aos condôminos”, diz.

Em relação aos protocolos da equipe de monitoramento da portaria inteligente, Leon reitera que todos devem ficar atentos ocorrências como portas e portões abertos, portas violadas e anormalidades com cercas elétricas. Além disso, o profissional recomenda a equipe sempre realizar checagem visual e audível para com os visitantes. Por consequência, também adverte que, sempre quando necessário, não hesitar em chamar as autoridades.

A popularização dos serviços de acesso digital

A central de monitoramento de portaria inteligente funciona como uma prevenção a invasões e rendições. Nela, aloca-se profissionais qualificados, sempre à disposição do bem-estar e conforto dos moradores, funcionários e visitantes. Certamente, esse é um dos principais motivos pelo qual a portaria remota/ inteligente vem crescendo no país. Em suma, a portaria virtual desempenha um papel prático, tornando rotinas mais tranquilas e gerando confiança.

“A mídia também vem ajudando bastante na popularização do segmento. Cada vez mais exemplos de condomínios que obtiveram êxito na segurança e em outros aspectos devido à implementação de portaria remota são mostrados, fazendo síndicos e moradores conhecerem novos meios e tecnologias que até então não tinham conhecimento”, conta Fernando Leon.

Minha Portaria no seu condomínio

E é isso mesmo, a central, junto da portaria digital, serve como alternativa para proporcionar eficácia e rapidez nas tomadas de decisões. O monitoramento garante sigilo de informações e não viola privacidades. Se você tiver interesse nos serviços, acesse minhaportaria.com para mais informações.

Alguma dúvida sobre como funciona a central de monitoramento de portaria inteligente? Conte para gente nos comentários. Além disso, você sabia que a Minha Portaria oferece diversos outros serviços de acesso, como biometria facial, acesso remoto, chave virtual e outros?

Agora a dica é para você, um síndico ou um aficionado pelas novidades tecnológicas do mercado imobiliário. Que tal obter mais informações sobre as principais tecnologias de acesso virtual? Você não pode deixar de conferir esta matéria sobre biometriareconhecimento facialClique aqui para ser redirecionado.

Lembramos também que a Minha Portaria está presente em diversas outras redes, como Instagram, Facebook e Youtube. Nesta última, nos aprofundamos em diversos assuntos com vídeos explicativos e informativos, apontando as principais novidades do ramo. Confira.

 

Gostou desse artigo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário