O serviço de Portaria Remota ou Portaria Virtual é realizado em cima de 5 pilares tecnológicos, quais sejam: CFTV (Circuito Fechado de TV), Central de Alarmes, Interfonia, Controle de Portões e Alarme Perimetral.

Juntos, os 5 pilares de portaria remota permitem monitorar remotamente os controles de acesso e o que acontece nas instalações do condomínio, em tempo real, e comandar os dispositivos que forem necessários.

Quando um sistema de portaria remota será implantado, um estudo é realizado no condomínio buscando reaproveitar os equipamentos dos 5 pilares que o condomínio já possua e que sejam compatíveis com o nosso sistema de Portaria Remota.

Nos casos em que for constatado que os equipamentos já existentes no condomínio não são compatíveis com os nossos, nós elaboramos e apresentamos uma proposta para a substituição.

Para melhor compreensão dos cinco pilares tecnológicos de portaria remota, nós elaboramos uma breve descrição sobre cada um deles. Confira abaixo!

Controle de acesso

Ícone de Controle de Acesso de Portaria Remota.

Os sistemas de controle de acesso fazem parte dos pilares tecnológicos de portaria remota.

Desta forma, quando o condomínio está interessado em instalar portaria remota, existe a possibilidade de escolher a tecnologia de controle de acesso mais recomendada à sua situação.

Algumas das opções existentes são Leitor de Tag, Leitor Facial, Leitor Biométrico e Chave Virtual.

Você pode conferir no vídeo ao lado a explicação de Walter Uvo, Diretor de Operações da MinhaPortaria.Com, sobre cada uma dessas formas de controle de acesso que compõem um dos pilares da portaria remota.

Interfonia

Ícone de interfonia de portaria remota.

O sistema de interfonia também faz parte dos pilares da portaria remota.

A questão mais importante sobre os interfones de um condomínio é com relação à experiência dos moradores.

Desta forma, a MinhaPortaria.Com preza por uma experiência e comunicação transparentes, de modo que, ao instalar portaria remota em um condomínio, o ideal é que sejam mantidos os equipamentos de interfone dos moradores.

Isso porque, muitas vezes, eles já estão acostumados com aqueles aparelhos “velhos e amarelados”, que normalmente ficam na cozinha, e, claro, existem moradores idosos que podem sofrer um impacto muito grande com a mudança.

Assim, o objetivo desse pilar da portaria remota é manter a experiência como se houvesse porteiro físico no prédio.

Nestes casos, mesmo já havendo equipamento de interfone nos apartamentos, a MinhaPortaria.Com prevê, em contato, a manutenção desses equipamentos.

É claro que, quem quiser der um novo passo em questões tecnológicas, nós temos equipamentos de interfone multimídia, com telas, em que os moradores podem atender interfones, ver câmeras e também abrir portas por elas.

Ainda, existe também a possibilidade de se instalar um sistema misto, em que parte dos apartamentos decide manter os equipamentos antigos, e parte decide atualizar a tecnologia para telas multimídias.

Para entender melhor como o sistema de interfonia funciona, confira o vídeo de Walter Uvo, Diretor de Operações da MinhaPortaria.Com, falando sobre esse pilar tecnológico da portaria remota, ao lado.

Portas e portões

Ícone de controle de portões de portaria remota.

As portas e portões de acesso também formam mais um dos pilares da portaria remota.

Sobre esse tema, é importante que os condomínios e síndicos, ao pesquisarem empresas de portaria remota, verifiquem se elas se responsabilizam pela instalação e manutenção de tudo, inclusive portas e portões de acesso de pedestres e veículos.

A MinhaPortaria.Com, por exemplo, prevê em contrato as manutenções e responsabilizações, inclusive dispõe do serviço de serralheria.

Isso é importante porque, com portaria remota, como não há mais o porteiro presencial, os portões e as portas precisam estar bem cuidados e instalados para não deixar o condomínio vulnerável.

Outra questão que deve ser observada nesse pilar da portaria remota é sobre a instalação de travas mecânicas no portão, para evitar que um bandido possa violá-lo.

Por isso, os portões também devem vir com motores rápidos, ou seja, aqueles que levam 4 segundos para abrir e 4 segundos para fechar totalmente, impedindo eventuais invasões.

No caso das portas de acesso de pedestres, para a melhor segurança dos moradores, elas devem ser instaladas com eletroímã e molas, além de sinalizadores verde e vermelho para indicar sua abertura e fechamento.

Para compreender um pouco melhor sobre esse pilar da portaria remota, assista o vídeo de Walter Uvo, Diretor de Operações da MinhaPortaria.Com, ao lado.

Alarmes

Ícone de alarmes de portaria remota.

Os alarmes também fazem parte de um dos pilares da portaria remota.

O objetivo do sistema de alarme é justamente a proteção perimetral, dos muros e das áreas que precisa proteger.

Desta forma, com esse pilar tecnológico da portaria remota, busca-se instalar sensores nos muros da fachada do condomínio, e, também, cercas elétricas nos perímetros laterais e fundos, como forma de proteção.

Assim, quando os sensores detectam qualquer atividade estranha, a central de monitoramento é avisada imediatamente, para fins de averiguar a situação.

Além disso, existem outras formas de utilização deste pilar da portaria remota, que podem ser através de vagas de pânico com sensor, acionamentos de dedo de pânico, chaveiros com botão de pânico, entre outras.

O que é realmente importante em um sistema de alarme é proteger as áreas e pontos periféricos que podem ser mais vulneráveis, para que a central seja sempre avisada de qualquer ação suspeita.

Ao lado, você pode conferir o vídeo de Walter Uvo, Diretor de Operações da MinhaPortaria.com, sobre este pilar da portaria remota.

Câmeras

Ícone de câmeras de vigilância de portaria remota

Sobre o pilar de portaria remota “sistema de câmeras”, existem algumas características que valem a pena ser mencionadas.

Antes de tudo, as câmeras são dispositivos que captam as imagens e, por sua vez, são os olhos de quem trabalha na central de monitoramento de portaria remota.

Desta forma, é importante que as câmeras, enquanto pilar tecnológico da portaria remota, tenham imagem em HD (high definition) e captem imagens tanto durante o dia quanto à noite.

Isso é fundamental para que os operadores de portaria remota possam ter assertividade na sua atuação, ou seja, para que sejam eficientes na hora de fazer atendimentos.

Além disso, para o melhor funcionamento deste pilar da portaria remota, a quantidade de câmeras estratégicas não passam de 6 a 9.

Essas câmeras estratégicas ficam localizadas nas portas e portões de acesso (muitas vezes no hall, também) e servem para uma maior efetividade no controle de acesso.

É claro que as demais câmeras do condomínio também são importantes, mas estas não ficam constantemente na tela do operador de portaria remota, pois não atuam a todo momento.

As câmeras que não estão localizadas nos controles de acesso compõem o sistema perimetrial, para manter a segurança do condomínio e impedir eventuais invasões.

Sobre o armazenamento das gravações, o período ideal é entre 15 e 20 dias, que é suficiente para verificar alguma ocorrência ou solicitação por parte de síndico ou morador de condomínio.

Confira, no vídeo ao lado, Walter Uvo, Diretor de Operações da MinhaPortaria.Com, trazendo explicações sobre este pilar da portaria remota.

O que você achou dos cinco pilares da portaria remota? Ficou com alguma dúvida? Mande um whats para nós! É só clicar no ícone do aplicativo no canto direito da página.

Gostou desse artigo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Deixe um comentário