Nativos digitais: entender para atender

Sandra Turchi mostra caminhos para conquistar os novos consumidores

O painel “Clientes:  como proporcionar experiências e impactá-los”, que aconteceu no primeiro dia do Enacon, abordou o comportamento dos novos consumidores e os desafios na captação e retenção destes, que são considerados os “digital natives”. Com um perfil de imediatismo por resultados, a conquista deste público passa por ações e práticas inovadoras de marketing e comunicação que exigem experiências, aliadas ao uso da tecnologia, principalmente online.

“É necessário entender para atender”, afirmou a palestrante Sandra Turchi, bacharel em Administração de Empresas pela USP, pós-graduada pela Fundação Getúlio Vargas e MBA pela Business School SP e Toronto University.

Especialista em empreendedorismo, marketing digital e e-commerce e professora e sócia-diretora da Digitalents, a palestrante deixou diversos questionamentos aos presentes quanto às práticas que vêm sendo adotadas em suas vendas. “Já passamos pelo B2B, B2C e B2G. Agora é a hora do B2N”, afirmou. “Vocês sabem o que significa o N?”, questionou. Após presentear com um livro de sua autoria o participante que respondeu “networking”, Sandra explicou este novo momento das vendas. “Temos 140 milhões de pessoas no Brasil com perfis nas redes sociais, conectados em média de 9 horas por dia. Atualmente, chamamos estas pessoas de ‘prossumidor’. São consumidores que, além de comprar, produzem conteúdo, informação e, acima de tudo, influência acerca de suas aquisições. Por isso, a experiência do cliente tem de ser sempre diferenciada,”

Outro aspecto levantado por Sandra  foi a importância de estudar os grandes cases já conhecidos do público, mas nunca deixar a criatividade e o espírito inovador de lado. “Vocês já perceberam que as coisas têm mudado muito rápido? É preciso buscar a novidade, sempre” afirmou. Trazendo para a realidade do mercado imobiliário, apresentou diversas ações que obtiveram êxito ao adotar novas experiências e conquistar os consumidores, como os casos do tour virtual Gafisa, Hub Home Tecnisa, AirBnb, Inside Places (de realidade virtual), Interfone Lello (vencedor do Prêmio Master), entre outros.

Quero ser digital – Mariângela Machado, diretora de Associações em Loteamentos e Bairros Planejados da vice-presidência de Administração Imobiliária e Condomínios do Secovi-SP e coordenadora do painel, também aproveitou para levantar a questão de qual seria o “pacote mínimo” para uma empresa no mundo digital. “E-mail Marketing é uma das poucas ferramentas consideradas antigas que ainda possuem um bom retorno. Além disso, mídias sociaissites responsivosSEO e SEM”, concluiu.

Uma exposição de produtos e serviços para o segmento condominial completou a programação do Enacon 2019, que contou com o patrocínio de Bradesco, Atlas Schindler, Intelbras, Comgas, Souza Lima, Vila Velha, Superlógica, Vivo, Empresta Capital, Graber, Group Software, Haganá, Jupiter, Limpidus, Techem, Aster, Pormade e Minha Portaria. Apoio institucional da Aabic (Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo), entre outras instituições representativas do setor imobiliário.

Gostou desse artigo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

RECEBA NOSSAS NEWSLETTER

Um periódico quinzenal com depoimentos e todas as novidades da Portaria Remota.

Bitnami